Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de março de 2009

Anti-Moda, Modismo e Moda

Embora você ache que ambos não têm nenhuma relação entre si, eu diria que um acaba gerando o outro. Saiba o porque.

Pode-se dizer que anti-moda é a moda de rua, ela surgiu entre os anos 50 e 60 nas tribos jovens, como os hippies, mod, beatnik, teddy boy, etc., que criavam um estilo pessoal, diferente do que a passarela ditava, mas indentificados com o segmento que os representavam, sem seguir e se preocuparem com a chamada moda oficial. Em outras palavras, as tribos urbanas são os anti-moda, visto que são um único grupo de indivíduos com gostos semelhantes, que vão contra a moda.

O modismo é um fenômeno eminentemente efêmero, em que há um lançamento de algo dos anti-modas como por exemplo por parte das novelas que acabam divulgando certas peças de roupa, objetos, lugares, cortes de cabelo, gírias ou nomes próprios. Modismos são modas que aparecem de forma meteórica, contagiam o mercado consumidor e desaparecem com a mesma rapidez, sendo facilmente relegados ao esquecimento.

A moda da qual falarei neste post é da moda atemporal, visto que algumas peças de modismo se transformam em uma moda atemporal, ou seja, é um modismo que "vinga". A moda não sai apenas das passarelas, modismos são tão importantes para a moda como os lançamentos assinados por grandes estilistas ou marcas.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...