Pesquisar este blog

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A Alta-Costura (Haute Couture)




O conceito da Alta-Costura (Haute Couture) começou com o inglês Charles Frederick Worth em Paris. No ano de 1858 a imperatriz Eugênia, mulher de Napoleão III, começou a valorizar o trabalho de Worth, indicando-o para o cargo de "estilista imperial". Worth também foi quem definiu que a deveria haver duas coleções por ano, que acompanhassem as estações do ano, ou seja, as mudanças climáticas. Com o tempo ele começou a convidar pessoas importantes para conhecer em seu ateliê a sua coleção que foram apresentadas em modelos, coisa qe na época ainda não existia, anos depois ele criou a Câmara Sindical com pré requisitos para quem quisesse fazer parte dela.

Em meados do século XX, por volta dos anos 50, surgiram três grandes nomes: Madeleine Vionnet, Cristóbal Balenciaga e Christian Dior, onde o estilo viveu seu apogeu. Nesse tempo, em Paris, 5.600 pessoas trabalhavam nos ateliês de alta-costura que entrou num crescente processo de decadência nos anos 60 devido a queda do poder aquisitivo do seu público-alvo e a ascensão do Prêt-À-Porter.

Na década de 90 ela foi retomada, com os ingleses John Galliano e sua primeira coleção para a maison Givenchy, e Alexander McQueen que revalorizaram a alta-costura com muita criatividade, estilo e marketing. Juntamente com outros estilistas como Jean-Paul Gaultier e Thierry Mygler que fizeram crescer a alta-costura no mundo depois que a mídia "acordou" para esse acontecimento.

No ano de 1947 era 15 mil clientes, em 1980 diminuiu para dois mil e atualmente estima-se que o numero de compradores de alta-costura não chegue a 500 no mundo. Essas compradoras são milionáriasm princesas árabes, socialites, estrelas do cinema e da música que podem gastar de 80 mil a 100 mil Francos (de 16 mil a 20 mil dólares) em um tailleur a 300 mil francos (60 mil dólares) em um vestido de gala.

A alta-costura é um modo de fazer moda sob medida para alguém atendendo rígidos critérios técnicos com uma ótima qualidade do artesanato, tecidos e materiais nobres, mão-de-obra refinada e horas de trabalho em uma mesma peça, um só vestido, por exemplo, pode exigir até 150 horas de trabalho.

Para pertencer ao sindicato da alta-costura deve-se obedecer a alguns pré requisitos, a critérios técnicos e às regras estabelecidas pelo Chambre Syndicale de la Couture Parisienne, conselho que reúne 13 maisons de alta-costura atualmente como Balmain, Dior, Lacroix, Ungaro, Givenchy, Versace, Yves Saint Laurent, Karl Lagerfild, Valentino, etc.


Leia Mais sobre o Assunto Aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...